Especialista dá dicas sobre planejamento tributário

Saiba como encarar os impostos com mais previsibilidade.

Publicado em: Leitura: 2 minutos

uma mulher em uma mesa de escritório analisando documentos

 

A gente sabe que lidar com tributos é um dos maiores desafios enfrentados pelos empreendedores. Isso porque, esse processo envolve conhecimento técnico e legislações em diferentes níveis e decisões que podem impactar todo o negócio. Nesse sentido, o planejamento tributário pode ajudar micro e pequenos negócios a encarar os impostos com mais facilidade e ampliar sua lucratividade.

O planejamento tributário vai além de um calendário de pagamento dos tributos – ele conta com um estudo detalhado da situação fiscal da empresa e da legislação, buscando reduzir a carga tributária a partir das próprias normas.

Conversamos com Luciana Lorenzoni, analista fiscal aqui do Sebrae RS,  para entender melhor sobre o assunto. Acompanhe e tire suas dúvidas!

A carga tributária do Brasil

Primeiramente, precisamos levar em conta que o Brasil é um país que tem uma cobrança de impostos especialmente desafiadora. De acordo com Luciana, essa complexidade é decorrente de três principais fatores: as diferentes esferas federativas de tributação, a grande diversidade de impostos cobrados no país e as mudanças nas leis, que são recorrentes.

 

banner para entrevista sobre planejamento tributário

Dicas da especialista para um bom planejamento tributário

Durante o nosso bate-papo, a especialista ressaltou algumas dicas para um bom planejamento tributário. Ela explicou que a questão tributária vem junto com o planejamento estratégico e precisa ser sempre revisitada.  Com isso, é preciso saber onde a empresa quer chegar, o caminho que deseja percorrer para atingir seus objetivos, quem são os fornecedores, de quantos funcionários precisará, entre outros dados fundamentais para definir o enquadramento tributário.

Uma dica valiosa é contar com a tecnologia nesse processo: “sugiro que as empresas busquem plataformas de apoio tributário. Há muitas no mercado que podem auxiliar na gestão de recursos humanos e na gestão contábil para que o negócio não dependa totalmente do profissional e adquira conhecimento”, afirma Luciana.

Ela também ressalta três pontos essenciais para realizar o planejamento e uma boa gestão de tributos: 

  1. Conhecer as regras envolvidas na tributação do negócio; 
  2. Alinhar o planejamento tributário ao planejamento estratégico; 
  3.  Contar com um bom parceiro ou fornecedor da área fiscal.

Gostou do conteúdo? Clique aqui e leia o nosso material na íntegra!

banner para material do Sebrae RS

Conteúdo escrito por:

Sebrae
Mais de 1 milhão de pequenas empresas transformadas no Rio Grande do Sul. Estamos juntos para evoluir e potencializar o seu negócio.

Você também pode gostar de: