Como funciona o aplicativo para emissão de Notas Fiscais Eletrônicas Utilize um sistema único para emissão das NF-e do CT-e de forma prática e gratuita.

Atualizado em: Leitura: 2 minutos

Com o objetivo de facilitar o acesso às notas fiscais para as Micro e Pequenas Empresas (MPEs), em 2017 o Sebrae São Paulo em parceria com a Secretaria da Fazenda do Estado de São Paulo (Sefaz), se tornou o responsável em disponibilizar e atualizar as versões do aplicativo para emissão de Notas Fiscais Eletrônicas (NF-e) e do Conhecimento de Transporte Eletrônico (CT-e).

O acesso ao aplicativo é totalmente gratuito. Dessa forma, as micro e pequenas empresas de qualquer Estado (exceto MEIs) poderão usá-lo para emissão de nota fiscal e conhecimento de transporte. Com este acesso, as MPEs terão diversos benefícios, como, por exemplo, a redução de custos e do consumo de papel, auxílio no gerenciamento mais efetivo das notas emitidas, facilitação na escrituração contábil e fiscal, padronização do relacionamento eletrônico entre empresas, e vários outros.

Entenda como funciona o emissor de NF-e e CT-e disponibilizado pelo Sebrae:

Quem pode utilizar?

 

  • Emissor NF-e: Qualquer empresa que possuir CNPJ ou CPF + IE (produtor rural) e credenciada pela SEFAZ;
  • Emissor CT-e: Qualquer empresa que possuir CNPJ e credenciada pela SEFAZ;
  • Quem tenha computadores com sistemas operacionais preferencialmente Windows 8 ou 10 com acesso à internet;
  • Quem tem o Java instalado no computador com a última versão (https://www.java.com/pt-BR/); e
  • Quem possuir Certificado Digital padrão ICP-Brasil nos formatos A1 ou A3 (recomenda-se a utilização do certificado A1).

Sobre o emissor, sugerimos consultar os seguintes documentos explicativos e os vídeos de orientação com os passo a passos:

Passo a passo orientativo:

Como baixar e instalar o Emissor de Nota Fiscais 4.0.1

Dicas e informações de alguns novos campos do emissor de Nota Fiscal 4.0.1

Como vincular o certificado digital no Emissor de Nota Fiscal

Como importar as informações da versão 3.10 para versão 4.0.1 do emissor de Nota Fiscal

ATENÇÃO: Como o MEI registrado no RS não tem acesso à Inscrição Estadual, não consegue utilizar o referido emissor. Sendo assim, o MEI permanece tendo acesso à NFA-eletrônica, realizando acesso através do Portal da Sefaz RS.

Para mais informações, não deixe de entrar em contato conosco pelo nosso 0800 570 570 e nossos canais digitais.

Aproveite par aprofundar seu conhecimento sobre este tema e acesse o Curso Online gratuito de Nota fiscal Eletrônica.

Conteúdo escrito por:
Giulia Mattos Graduada em Ciências Contábeis, atuo no Sebrae RS desde 2015 com foco em Relacionamento com Clientes. Hoje represento o Sebrae no estado do Rio Grande do Sul como especialista do tema Microempreendedor Individual, o MEI, a figura jurídica que mais vem crescendo no Brasil.

Tags do post:

conhecimento de transporte CT-e emissor NF-e nota fiscal

Você também pode gostar de: